quarta-feira, março 11

Pensamento filosófico uniu a razão e o amor a ela. Na Grécia a filosofia nasceu do buscar da razão humana onde os gregos buscavam interpretar ações e reações naturais e humanas antes não explicadas. Onde ela dividiu-se em leis necessárias como a força da ação e reação e deliberação humana onde o homem pode escolher agir por si só, por exemplo, o ato do andar, onde o homem não é obrigado a fazer isso. Palavra criada pelo grego Pitágoras filosofia que significa amizade pela sabedoria exprime a idéia de que o homem que é filosófico ele ama o saber e julgar os valores das ações e seus porquês. Sendo assim ele não competi e nem se vende.

Ela nasceu na Grécia antiga sendo ela racional sistemática em realidade humana e lógica. Ela difere de outras culturas e povos que buscam o saber e não filosofia. Sendo assim as explicações filosóficas racionais. Sendo suas explicações baseadas nos cálculos matemáticos e influenciando a Europa ocidental. Crendo que as leis naturais básicas são universais e que nossos pensamentos obedecem a essas leis sendo assim, universo lógico.

A ordem na necessidade e deliberação das coisas parte do conhecimento filosófico, o calor aquece a água criando assim o vapor, necessidade, o homem desenha, deliberação. Em suma os gregos cansados de não entender o mundo e seus acontecimentos, buscaram a explicação de fenômenos que antes se davam atribuições aos deuses. Passando assim uma sabedoria racional e lógica.